Goverdo do Estado do Piauí

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Valença: Réu é condenado a mais de 18 anos por morte de PM

O Tribunal do Júri da Comarca de Valença condenou Celso Pereira de Sousa a 18 anos e seis meses de reclusão. O réu responde por dois crimes,  tentativa de homicídio e morte de um policial militar, ocorrida na localidade Buritizal, em 2012.
Fotos: Portalv1
O crime ocorreu após discussão em uma festa na PI-120. O PM Lucídio Monteiro teria usado spray de pimenta para conter o réu, que minutos depois, perseguiu a vítima e o matou atropelado. 
No julgamento, os sete jurados, sendo cinco homens e duas mulheres, acataram a tese do Ministério Publico. O júri acredita que a colisão do veículo do réu na motocicleta da vítima foi premeditado, e não apenas um acidente como alegava a defesa. 
A sentença foi proferida pelo juiz José Wagner Linhares que condenou o réu a mais de 18 anos de prisão, em regime fechado, sendo 14 anos pela morte do PM  e quatro anos e seis meses pela tentativa de homicídio contra um policial que estava com a vítima. 

A defesa do réu recorreu da decisão que será analisada pelo Tribunal de Justiça. O advogado João Lacerda alega fragilidade das provas, erro na elaboração dos quesitos por parte do juiz presidente e aponta ainda o fato do cliente permanecer, durante o julgamento que durou mais de 12 horas, com algemas  nas mãos e  pés.

Com informações Portalv1
cidades@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário