Goverdo do Estado do Piauí

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

"Me livrei de um monstro", diz filha estuprada por 10 anos; veja vídeo

A expressão era um misto de dor e alívio. “Me livrei de um monstro”, desabafa a jovem C.G.S.S, 18 anos, que desde os cinco anos de idade era estuprada pelo padrasto na cidade de Timon (MA). Nesta terça-feira, o acusado foi preso e confessou o abuso sexual contra as três enteadas.
Fotos: Yala Sena
C.G.S.S foi quem fez a denúncia a Delegacia da Mulher. Ela esperou a maioridade para denunciar o padrasto. Hoje, o Cidadeverde.com acompanhou uma parte do depoimento da jovem para a delegada da Mulher de Timon, Wládia Holanda, que acompanha o caso.
Ela conta que entrou em estado de choque quando descobriu que a irmã mais nova estava sendo violentada. “Eu descobri pelo comportamento dele com ela. Ele estava extremamente agressivo com ela ( se referindo a irmã de 6 anos). Batia nela, igual ele fazia comigo. Ela tinha muito medo dele”, conta a jovem.
Ela contou que ele abusava delas usando os dedos e sua genitália. A jovem relatou rituais de violência e até satânicos com a mãe.

A adolescente relatou que sua maior alegria foi vê-lo hoje preso.
Doação de livros
Durante entrevista, a delegada perguntou o que ela gostaria de receber no abrigo para acalmá-la. Ela disse que gostaria de receber livros. “Preciso ler para acalmar minha mente”, disse a adolescente que este ano fez o Enem. Ela disse que já leu os livros Inocência de Visconde de Taunay, Cortiço de Aluisio de Azevedo, Senhora de José de Alencar e a saga Crepúsculos.
As duas irmãs estão no abrigo de Timon, enquanto a outra de 16 anos, está em São Paulo.
Veja o depoimento



Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário