Goverdo do Estado do Piauí

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Piauí solicita decretação de estado de emergência por conta de praga

O Governo do Piauí pediu ao Governo Federal a decretação de estado de emergência fitossanitária no estado por causa do ataque de uma lagarta que está devorando as lavouras de soja e milho. O inseto de nome helicoverpa armígera é difícil de ser combatido e já ameaça a produção de grãos no estado.
O agrônomo Armando Coelho explica que a larva surge desde a fase inicial da planta e segue durante até a produção do grão. “Quando o grão de soja é produzido a larva desce do caule e consome todo o grão, diminuindo nossa produção. A praga também acompanha os outros ciclos da lavoura, quando acaba a produção de soja o animal migra para outras produções, como a de milho”, disse Armando.
Por conta desta situação, a Agência de Desenvolvimento Agropecuário do Piauí (Adapi) pediu a decretação de emergência ao Governo. Segundo o diretor técnico da Adapi, Idilio Moura, o decreto vai possibilitar que os agricultores usem produtos que combatam a praga.
“Agora podemos adotar um conjunto de medidas de vigilância sanitária, através de um plano emergencial já elaborado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, a Embrapa. Dentre essas medidas está a aplicação de um produto nas lavouras que acabam com a praga”, justificou Idilio Moura.


Fonte: iG

Nenhum comentário:

Postar um comentário