Goverdo do Estado do Piauí

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Piauí: CPI convoca operadoras para explicar "apagão" na telefonia

A CPI da telefonia convocou as quatro operadoras – Tim, Claro, Oi, Vivo - para prestarem esclarecimento na Assembleia Legislativa sobre o caos no sistema celular e de internet no Estado. Nesta quarta-feira (13), os parlamentares da Comissão estão em Corrente (a 874 km de Teresina) e recebem graves denúncias dos clientes. Os parlamentares querem explicações para o “apagão” nos aparelhos celulares que sofrem os municípios piauienses.
O presidente da CPI, deputado Cícero Magalhães, ressaltou que as péssimas condições do sistema de telefonia provocam prejuízos incalculáveis para o Estado. Ele defendeu uma intervenção imediata por parte da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e o Ministério das Comunicações.
“Queremos ouvir as operadoras para saber quanto elas gastam com propaganda e quanto investem em planos de expansão”, ressaltou o deputado. As operadoras foram convocadas para estarem presentes no próximo dia 21 deste mês na Assembleia Legislativa do Piauí.
Em Corrente, a Comissão recebeu graves denúncias, entre elas de que cerca de dois mil famílias estão ameaçadas de perderem o Bolsa Família, já que não conseguem fazer o cadastramento junto ao governo federal. Outra situação crítica, é que os moradores estão tendo que se deslocar cerca de 240 km de Corrente até Barreiras na Bahia para receber o seguro desemprego, devido o caos no sistema do município. 
Prejuízos
Cícero Magalhães ressaltou que o “blecaute” no sistema de comunicação está excluindo municípios de receberem benefícios do governo federal. Entre os programas mais prejudicados são o Bolsa Família e Mais Médicos. 
“Precisamos de uma intervenção urgente. As operadoras não podem humilhar mais de 200 milhões de clientes no País”, disse.
Entre as principais queixas está a deficiência de cobertura e contas indevidas. Nesta quinta-feira (14), os parlamentares estarão na cidade de Uruçui ( a 453 km de Teresina). 

Fonte: Yala Sena
Cidadeverde.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário