quinta-feira, 26 de janeiro de 2023

Welllington Dias se reúne com governador de Roraima por socorro a Yanomamis

Dando andamento ao 'socorro' federal para o Povo Yanomami, o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias (PT) reuniu-se na quinta-feira, 26 de janeiro, com Waldez Góes, ministro da Integração e Desenvolvimento Regional, Jader Filho, ministro das Cidades, e Antonio Denarium, governador de Roraima.

Na pauta, o papel que cada uma das pastas pode desempenhar na sequência dos atendimentos de emergência aos Yanomami, que estão sofrendo com quadros graves de desnutrição e insegurança alimentar.

Dando andamento ao 'socorro' federal para o Povo Yanomami, o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias (PT) reuniu-se na quinta-feira, 26 de janeiro, com Waldez Góes, ministro da Integração e Desenvolvimento Regional, Jader Filho, ministro das Cidades, e Antonio Denarium, governador de Roraima.

Na pauta, o papel que cada uma das pastas pode desempenhar na sequência dos atendimentos de emergência aos Yanomami, que estão sofrendo com quadros graves de desnutrição e insegurança alimentar.


Nesse âmbito, após a entrega de mais de cinco mil cestas de alimento, o que representa cerca de 80 toneladas, com o auxílio das Forças Armadas e de um atendimento emergencial in loco por equipes de saúde, os próximos passos envolvem a garantia de fornecimento de água potável e de ações em áreas como educação, comunicação e habitação.

“O desafio é saber como a gente dá conta da solução de água potável nas comunidades. O Estado tem experiência e com este trabalho integrado, junto também aos ministérios dos Povos Indígenas, da Educação, Saúde, vamos garantir aquilo que é o desejo de todos: qualidade de vida”, disse o ministro piauiense.

Mapeamento das áreas mais vulneráveis

No encontro, os ministros e o governador de Roraima frisaram a necessidade de finalizar o mapeamento das áreas mais vulneráveis, no sentido de enviar equipes capazes de identificar os problemas e pensar nas melhores soluções.

Além da criação de planos para assistência imediata, os gestores revelaram a importância de incluir nas estratégias programas futuros permanentes para evitar que as adversidades apareçam novamente.


“Nós estamos na expectativa de, na segunda-feira (29), já podermos estar com todas as nossas equipes em Roraima para identificar que problemas são esses e quais os caminhos para solucioná-los. Estamos de mãos dadas para resolver o problema dos Yanomami, mas também envolvidos em pautas futuras que o estado possa nos trazer”, explicou o ministro Jader Filho.

Para Waldez Góes, o modelo de trabalho intersetorial adotado na crise dos Yanomami pode ser ampliado inclusive para outras esferas do Governo Federal. “O trabalho com o Povo Yanomami pode ser replicado em várias outras situações que ocorrem no país, não só nas comunidades indígenas. O Governo Federal está mobilizado com essa transversalidade ministerial, das missões que cada pasta tem para levar dignidade à população”, disse.

Segundo Denarium, a parceria do Governo Federal com o estado de Roraima é estratégica. Ele sinalizou, ainda, a relevância das ações em conjunto com a Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas), o Ministério da Saúde e outras áreas numa ação sistêmica. “O governo é parceiro para a melhoria da qualidade de vida do nosso povo e pode contar com nosso apoio”, afirmou.

Fonte: Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário