sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Em Brasília, Fonteles busca avanços na área de infraestrutura e turismo

Nesta quinta-feira (26), o governador do Piauí, Rafael Fonteles, esteve em Brasília participando de diversas reuniões para a apresentação de projetos e discussões de temas de interesse do Piauí. O chefe do executivo estadual esteve reunido com o ministro dos Transportes, Renan Filho, da Fazenda, Fernando Haddad, dos Portos e Aeroportos, Márcio França, com o presidente da EMBRATUR, Marcelo Freixo e com integrantes do COMSEFAZ (Comitê Nacional de Secretários de Fazenda, Finanças, Economia ou Tributação dos Estados e do Distrito Federal). No fim do dia ainda participará com o Fórum dos Governadores do Brasil.

Com Renan Filho, Rafael Fonteles tratou sobre o fortalecimento dos modais de transporte que vão integrar ainda mais o sul ao norte do Piauí. “Apresentei ao ministro a ideia global de um projeto intermodal que está em fase de estudo, para que a União seja parceira na execução. Acredito na cooperação entre Governo Estadual e o Governo Federal nessa área”, relatou.

No COMSEFAZ, conselho no qual presidiu enquanto era secretário de Estado da Fazenda do Piauí, Rafael discutiu o avanço para uma reforma tributária mais justa e eficiente para todos. Na Fazenda, o governador debateu o avanço da reforma tributária.

Em reunião com Marcelo Freixo, Rafael discutiu o potencial turístico do Piauí em alancar negócios ligados ao turismo de aventura. “Vamos trabalhar para que nosso Piauí tenha um turismo muito mais forte”, disse o chefe do Executivo, que presenteou Marcelo Freixo com um broche no formato do mapa do Brasil feito com a pedra opala, encontrada apenas no Piauí.

Já com o Ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, Rafael debateu sobre os projetos de desenvolvimento estruturais para o estado. “Temos grandes proposições para o nosso Piauí e o Governo Federal tem sinalizado com a garantia do apoio necessário à consecução destas. Na audiência de hoje com o ministro, tratamos sobre o Intermodal do Vale do Parnaíba, o Terminal Pesqueiro do Porto de Luís Correia e projetos complementares. É de suma importância alinhar nossos projetos com a União, de modo franco e republicano, pois assim conseguiremos avançar em grandes projetos de desenvolvimento”, explicou.

Fonte: Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário