Goverdo do Estado do Piauí

sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Rafael defende Reforma Tributária como prioridade em reunião com Haddad

O governador do Piauí, Rafael Fonteles, reuniu-se, nessa quinta-feira (26), em Brasília, com representantes do Comitê Nacional de Secretários de Fazenda, Finanças, Economia ou Tributação dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz) para tratar sobre a Reforma Tributária. Na oportunidade, o chefe do Executivo piauiense, que presidiu o Comsefaz por dois mandatos, contribuiu para o debate na busca por avanços na área.

Rafael classificou a Reforma Tributária como “a mais importante reforma para o país na atualidade”. Fonteles reuniu-se também em Brasília com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, para tratar do tema.

“Estou muito feliz em concluir essa agenda com o ministro que cuida da nossa economia e ver todo o planejamento e o entusiasmo com que ele está conduzindo esta pasta importante, com as agendas da Reforma Tributária, do equilíbrio fiscal e do crescimento econômico”, disse o governador piauiense.

“Não tenho dúvidas que a equipe do ministro Fernando Haddad, em conjunto com os demais ministros do presidente Lula, irá conseguir fazer a Reforma Tributária junto ao Congresso Nacional. Uma reforma tão importante para o país e, claro, cuidando do equilíbrio fiscal da nossa nação para garantir os investimentos necessários para desenvolver social e economicamente o nosso país e o nosso povo”, destacou Rafael Fonteles.

O gestor defende que é preciso simplificar, unir tributos e aumentar a transparência, bem como reduzir desigualdades regionais, como demanda a Constituição Federal. “A reforma é necessária para destravar o crescimento econômico e para ter um sistema mais justo, mais progressivo. No qual quem ganha mais, paga mais; quem ganha menos, paga menos. E dessa forma, ajudar a economia do país”, disse Rafael.

Fórum dos Governadores

Nessa quinta-feira (26), o governador piauiense participou também do Fórum Nacional dos Governadores e destacou que o momento também foi de preparação para a reunião que será realizada, nesta sexta-feira (27), com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Alinhamos nossas posições, os temas que nos unem, como algumas questões fiscais e agendas de obras. E todos louvando o presidente Lula por esse gesto de retomada do diálogo federativo para termos um novo pacto federativo, muito mais coerente com as responsabilidades e com a disponibilidade financeira de cada ente federativo. Estamos muito otimistas com essa retomada do diálogo federativo”, comentou Fonteles.

Fonte: Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário