EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Novo prefeito de Lagoa do Sítio não concluiu ensino fundamental, mas já tem sete mandatos

Empossado após o afastamento de José de Arimatéas Rabelo, o Zé Simão (PT), o novo prefeito de Lagoa do Sítio, Antonio Benedito de Moura (SD), não concluiu sequer o Ensino Fundamental, mas exerce cargos públicos há sete mandatos consecutivos em cidades da microrregião de Valença. Trabalhador rural, ele inicia sua administração nesta segunda-feira (23) e já definiu sua primeira ação de governo: nomear a nora como secretária municipal de Assistência Social, em substituição à ex-primeira-dama Gercineide de Sousa Monteiro Rabelo, assassinada no dia 10 de fevereiroMais conhecido como Antonio Ditoso, ele é casado com a professora Dalvina Bezerra de Moura e tem quatro filhos - um deles, Francisco Antonio, é seu braço direito. Ao longo de quase 40 anos de vida pública, já foi filiado a PFL, PPS, PTB e SD. Sua trajetória política teve início em 1988, quando foi eleito vereador em Pimenteiras. Quatro anos depois, foi reeleito.
A partir de 94, a comunidade rural onde morava, São José do Sambito, passou a fazer parte do recém-criado município de Lagoa do Sítio. Beneficiado por morar no segundo maior colégio eleitoral da cidade localizada 234 quilômetros ao Sul de Teresina, se elegeu duas vezes como vereador (2004 e 2008) e três vezes como vice-prefeito (1996, 2000 e 2012).
Filiado ao Solidariedade (SD) desde o ano passado, Antonio Ditoso assume a Prefeitura de Lagoa do Sítio pela segunda vez na história. Em 2003, ele administrou a cidade por 108 dias, tempo que o então prefeito Antonio da Silva Reis (PFL) ficou afastado por irregularidade administrativa. Empossado na madrugada de sábado (21), ele agora substitui Zé Simão, principal acusado de ter assassinado a primeira-dama Gercineide de Sousa Monteiro Rabelo e cujo processo de cassação deve ter início nesta segunda-feira.
Ex-secretária municipal de Assistência Social, Gercineide será substituída pela esposa de um dos filhos de Antonio Ditoso. "Mudanças serão feitas, mas tudo vai depender desta semana. A preocupação inicial é com o pagamento dos impostos e dos salários dos funcionários, que estão atrasados. Por enquanto, só a Assistência Social vai mudar agora. Minha esposa, Márcia Cristina, assume a pasta", confirma Francisco Antonio.
Para o filho e braço direito de Antonio Ditoso, a escolaridade limitada não deve influenciar negativamente na administração do pai. Segundo ele, Lagoa do Sítio tem outras dificuldades. "Ele tem o primário, como a gente dizia, e sabe ler, escrever e tudo. Além disso, a gente está assessorado por gente preparadíssima", argumenta Francisco Antonio.
"Vamos receber informações sobre todas as pastas nesta segunda-feira. Havia muita coisa abandonada. Tem muita obra inacabada. Para se ter ideia, o município está há mais de dois anos sem inaugurar uma obra", complementa.
Para administrar Lagoa do Sítio, Antonio Ditoso contará com uma base aliada formada por pelo menos três partidos: PT, PSB e SD. Francisco Antonio garante que o trabalho será árduo. "Vamos fazer uma auditoria. O repasse para a Câmara Municipal, por exemplo, não foi feito. Além disso, o talão de luz da Prefeitura está atrasado. Se não for pago logo, será cortado. A coisa estava avacalhada", finaliza.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário