EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Fred é expulso, Fla vence, se garante na semi e complica o Flu

No clássico que mostrou a união dos dois clubes em protesto contra a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), o Flamengo venceu o Fluminense, por 3 a 0, neste domingo no Maracanã, garantiu vaga nas semifinais do Campeonato Carioca e ainda complicou a situação do rival. E se a briga política gera polêmica fora de campo, dentro do gramado houve motivo para ainda mais polêmica, desta vez com a arbitragem. A missão rubro-negra na partida foi facilitada com a contestada expulsão do atacante Fred, que teria simulado sofrer uma falta e recebeu o segundo cartão amarelo ainda no primeiro tempo.

Em um duelo fraco tecnicamente, o Flamengo ganhou com um belo gol do volante Jonas, que arriscou chute de longe e surpreendeu o adiantado goleiro Diego Cavalieri, um do atacante Alecsandro, em contra-ataque, e outro no fim do garoto Matheus Sávio, também em jogada de velocidade..Com o resultado, o Rubro-Negro segue na primeira colocação, agora com 35 pontos, dois a mais do que o vice-líder Botafogo. Já o Tricolor continua na quinta posição, com 28 pontos, dois a menos do que Vasco e Madureira, terceiro e quarto colocados. Na quarta-feira, o Flu faz o confronto direto com o Madureira, em Volta Redonda, e precisa vencer para avançar à semi. No mesmo dia, o já classicado Fla enfrenta o Nova Iguaçu, em Macaé.
Sem contar com o técnico Vanderlei Luxemburgo, que foi suspenso por criticar a Ferj e não foi ao Maracanã, o Flamengo foi comandado pelo auxiliar Deivid no banco de reservas. Com menos necessidade da vitória do que o adversário, o time rubro-negro atuou com mais tranquilidade e esperando o rival atacar para se aproveitar da velocidade nos contragolpes. O Fluminense até teve mais posse de bola no início, mas errou muitos passes e não conseguiu furar a barreira defensiva.
A primeira boa chance do jogo foi justamente em um contra-ataque do Fla, mas Diego Cavalieri fez a defesa em finalização de Marcelo Cirino. Pouco depois, aos 17 minutos, o volante Jonas acertou um ótimo chute de fora da área e pegou de surpresa Cavalieri, que vacilou na jogada: golaço rubro-negro.
Em uma das tentativas do Tricolor de entrar na área adversária, aconteceu o lance que marcou o clássico. Fred, que já tinha tomado cartão amarelo por empurrr o goleiro Paulo Victor no começo da partida, foi disputar uma bola com Anderson Pico perto da meia-lua. O lateral flamenguista acertou a perna do atacante, mas o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães entendeu que o jogador do Flu simulou ter sofrido a falta, se jogou no gramado e colocou a mão na bola: segundo cartão amarelo e consequentemente o vermelho.
Revoltado, Fred desabafou na saída de campo e pediu o fim do Campeonato Carioca. Com a bola rolando novamente, o Fluminense teve ainda mais dificuldades para criar jogadas ofesnivas. O técnico Ricardo Drubscky centralizou Kenedy para tentar fazer a função do camisa nove, mas a bola pouco chegou. A melhor oportunidade no primeiro tempo foi uma cabeçada de Marlon, e o Fla ainda teve um gol de Alcsandro corretamente anulado por impedimento.
Na segunda etapa, o Flu foi valente, tentou pressionar mesmo com um homem a menos em campo, mas o Rubro-Negro mais uma vez se aproveitou na velocidade. O segundo gol saiu aos 10 minutos, com Alecsandro, que invadiu a área pela direita, quase se atrapalhou ao tentar tocar para Marcelo Cirino, mas mandou a bola para as redes.
Drubscky mexeu no Flu, colocou Marlone, Vinícius e depois Lucas Gomes, mas pouca coisa mudou. Jean, Vinícius e Gum até tentaram descontar, mas a bola não entrou. No fim, aos 44 minutos, em novo contra-ataque, Matheus Sávio, que tinha entrado no lugar de Gabriel, aproveitou passe de Marcelo Cirino e definiu o vitória rubro-negra: 3 a 0.

Fonte: ESPN

Nenhum comentário:

Postar um comentário