quarta-feira, 2 de agosto de 2023

Após reforma, Centro de Equoterapia de Teresina amplia capacidade de atendimentos

O governador Rafael Fonteles entregou, nesta quarta-feira (2), a ampliação do Centro Estadual de Equoterapia da Polícia Militar, de Teresina, localizado no Parque Jurema, zona sudeste de Teresina. Com a reforma, o centro amplia a capacidade de atendimento a pessoas com deficiências e tem a meta de zerar a fila de espera.

Rafael Fonteles afirmou que o Centro de Equoterapia vai ampliar o atendimento de 81 para 122 crianças. “O objetivo da gente é tornar o Piauí um lugar cada vez mais inclusivo”, disse o gestor, lembrando que o espaço é mais um exemplo de como o Piauí é referência nacional no tratamento das pessoas com deficiência. “Isso é mérito do ex-governador Wellington Dias e da ex-deputada federal Rejane Dias, que abraçaram essa causa. E a gente tem dado continuidade a essa política”, disse o governador.



O secretário para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo, enfatizou que o Centro de Equoterapia traz benefícios fantásticos para os usuários e suas famílias. “Esse é um espaço muito importante que vem reabilitando pessoas com deficiência intelectual, múltipla ou com autismo há muitos anos. Temos relatos de mães que contam que seus filhos chegam aqui sem se relacionar, muitas vezes sem caminhar e hoje mudaram a sua qualidade de vida”, afirmou o gestor.



Mauro Eduardo afirmou ainda que, com a ampliação, não haverá mais fila de espera e há a possiblidade de ter um terceiro turno de atendimento. “Agora estamos entregando essa reforma para a população, onde tenho certeza de que vai melhorar ainda mais os atendimentos, a estrutura e as condições dos profissionais que trabalham no local”, declarou o secretário.

A obra de reforma e ampliação do Centro de Equoterapia de Teresina teve investimento de R$ 642.402,28, por meio de uma parceria entre a Secretaria para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), Secretaria da Segurança Pública (SSP-PI) e Polícia Militar do Piauí (PM-PI). O centro fica localizado no Regimento de Polícia Montada da PM.



Os espaços contemplados com a reforma são área coberta; área pavimentada; selaria; montaria; entrada; coordenação; supervisão; recepção; depósito da cavalaria; salas de atendimento; sala de reunião; banheiros adaptados e área de circulação, além de novos equipamentos, mobília e comunicação visual.



Equoterapia

A equoterapia no Piauí iniciou suas atividades em 2002, em Teresina, e posteriormente em Parnaíba. O Centro Estadual de Equoterapia de Teresina atende atualmente 81 pessoas, nos turnos manhã e tarde, e conta com profissionais de assistência social, fisioterapia, educação física, psicologia e psicopedagogia. O tratamento de equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial da pessoa com deficiência.



Centros de atendimento no interior

O governador enfatizou que o Piauí está cada vez mais ampliando os serviços de atendimento às pessoas com deficiência para o interior do estado. “Recentemente visitamos o Centro de Equoterapia de Parnaíba, onde também temos o Centro Especializado de Reabilitação (CER), bem como em São João do Piauí. Além disso, já estamos executando as obras do CER de Picos”, frisou o chefe do Executivo estadual.

Rafael destacou que o Governo do Estado tem feito parcerias com municípios para atendimento em centros de fisioterapias nas cidades polo, de forma a atender o maior número de pessoas. Ele citou ainda um espaço para tratamento de pessoas com autismo em Luzilândia, que tem tido êxito por meio de uma parceria entre Estado e o município.

Fonte: Governo do Estado do Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário