EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Wellington confirma Força Nacional e mais parcerias na Segurança

Wellington confirma Força Nacional e mais parcerias na SegurançaO governador  Wellington Dias foi recebido na noite desta terça-feira (27), em Brasília, pela secretária Nacional de Segurança Publica, Regina Maria Filomena de Luca,  acompanhado do deputado federal eleito Fábio Abreu e do secretário de Justiça, Daniel Oliveira. Wellington destacou que o encontro com a equipe do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, foi positivo.
“Houve uma continuidade de um trabalho já iniciado na área de segurança; agora começaremos uma nova etapa. Receberemos uma equipe do ministério na próxima semana para cuidar da organização de um gabinete de gestão integrando Defensoria, Judiciário e Ministério Público”, explicou.

Audiência com a Secretária Nacional de Segurança Publica, Regina Maria Filomena de Luca (Foto:Neblina Orrico)

No encontro, foi discutido um cronograma de trabalho para conclusão das obras da penitenciária de Altos e também as condições para o início da obra de uma nova  penitenciária com 600 vagas, também no município de Altos, e outra em Campo Maior.

“Temos ainda um acordo com o Ministério da Justiça que é a presença da Força Nacional em fevereiro, cujo processo está em vias de conclusão. Deveremos receber uma nova equipe (do ministério) no dia 26, provavelmente, junto com a Força Nacional, para desenvolver um trabalho no estado para ajudar tanto as áreas de segurança quanto penitenciária no Estado, integrando ainda as polícias Rodoviária e Federal. Será uma reunião preparatória para o momento em que vamos receber o ministro José Eduardo Cardozo que anunciará o projeto maior dentro do Programa Brasil Seguro que é o Comitê Unificado de Segurança. Esse é o ponto alto dessa parceria com o Ministério da Justiça”, diz o governador.
Ele enfatiza que o objetivo do comitê é a redução de homicídios, latrocínios, o crime contra o patrimônio, além de garantir as condições de maior segurança para população e cumprir as regras da legislação brasileira, no que diz respeito à ressocialização do preso e condições de apoio às famílias da vítima.
Fonte: PI.GOV

Nenhum comentário:

Postar um comentário