Goverdo do Estado do Piauí

quarta-feira, 26 de julho de 2023

Piauí Saúde Digital: Secretária do Ministério da Saúde diz que projeto amplia acesso e garante tratamento humanizado


O governador Rafael Fonteles apresentou nesta quarta-feira (26), à secretária de Informação e Saúde Digital do Ministério da Saúde, Ana Estela Haddad, os resultados da implantação do Projeto Piauí Saúde Digital em Piripiri. A conclusão foi uma melhoria significativa no atendimento na área de saúde no município, localizado a 160 km de Teresina.

Cinco técnicos do Ministério, o secretário de Saúde Antônio Luís e outras autoridades acompanharam a visita, que aconteceu no município de Piripiri, onde o projeto funciona. Entre as conclusões do programa, estão a redução do tempo de espera para consultas no pronto atendimento; fim das longas filas de espera para especialidades; descentralização das informações dos pacientes sem perda de dados; dados salvos em sistema seguro de acordo com a LGPD; economia de recursos públicos e agilidade no atendimento de casos urgentes, principalmente problemas cardíacos.

Durante a visita, o governador Rafael Fonteles destacou a importância dessa visita técnica da Secretaria de Informação e Saúde Digital do Ministério da Saúde, que veio conferir o modelo de saúde digital implantado pelo Governo do Estado em Piripiri, que em quatro meses realizou mais de 8.840 atendimentos, as filas foram zeradas em seis especialidades e o tempo de espera por atendimento reduziu significativamente.


“Aqui foram apresentados os espaços integrados, as Unidades Básicas de Saúde (UBS), o Hospital Regional, o Centro de Especialidade e o Centro de Saúde Indígena. Portanto, deu para perceber, no detalhe, essa integração entre a consulta e exames especializados, integração com hospital regional e possibilidades adicionais de atendimento domiciliar. Tudo de forma integrada em uma única plataforma”, explica Rafael Fonteles.

Ele declarou ainda que esse modelo pode ser debatido internamente no Ministério da Saúde para ser aperfeiçoado e, aos poucos, possa ser expandido e até mesmo implantado em outros estados do País. “É um programa que gera economia e atendimento mais resolutivo, onde o povo está. Portanto, é um modelo que está eliminando as longas filas de espera e com atendimento de qualidade”, disse o governador.



Modelo alinhado com diretrizes do SUS

A secretária Ana Estela Haddad comentou que o programa começou de forma positiva, “É uma iniciativa integrada, onde se pensou na necessidade da população e também na estruturação e fortalecimento da atenção primária e na própria jornada do paciente na rede de atenção à saúde. Aqui foi desenvolvido um modelo alinhado com as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS)”, afirmou.

O modelo de saúde digital, segundo Ana Estela, permite a oportunidade de revisitar os processos de atenção feitos presencialmente, de forma combinada com a tecnologia, o que permite ampliar o acesso. “Essa ampliação de acesso é uma forma de dar um tratamento humanizado à população que busca solução para os problemas de saúde”, explica.

A prefeita Jôve Oliveira afirmou, durante a visita, que o município aderiu ao modelo. “É um modelo desafiador que foi apresentado ao Ministério da Saúde e ao Brasil. Tivemos a adesão de 31 unidades básicas de saúde, sete centros de saúde e o hospital. Assim, a jornada do paciente reduziu, pois se antes o cidadão esperava entre 30 a 200 dias por um atendimento, ele agora espera questão de minutos para ter um atendimento especializado”, explica.



Projeto integra sistemas federal, estadual e municipal

O secretário de Saúde, Antônio Luís, ressaltou que o projeto pode servir para melhorar toda a integração nos sistemas federal, estadual e municipal para que não se perca informação dos pacientes.

“Onde chega, o sistema vai saber que exame o paciente fez, qual o resultado do exame, que remédio tomou, que medicamento foi passado. O projeto é tão inovador que as outras iniciativas existentes não chegam perto dessa revolução”, afirmou o gestor.

Segundo a Secretaria da Saúde (Sesapi), a ginecologia e pediatria, áreas em que as pessoas estavam há muito tempo aguardando consulta, tiveram as filas zeradas. “Eu estou em Piripiri, na minha casa, posso entrar na internet, fazer um agendamento e fazer por exemplo, uma consulta com o psiquiatra ou psicólogo preservando a minha privacidade”, disse o secretário Antônio Luís.

O secretário destacou ainda que o sistema permite que os agentes de saúde possam ir aos municípios e com uma internet 4G e um tablet, é possível realizar consulta e fazer valer as diretrizes do SUS, que é garantir pronto atendimento ao cidadão.

O programa zerou a fila de consultas nas áreas de pediatria, dermatologia, psicologia, cardiologia e nutrição no município.

O principal objetivo do Piauí Saúde Digital é superar barreiras socioeconômicas, culturais e geográficas para melhorar e ampliar a rede de serviços de saúde, sobretudo da atenção primária, fortalecendo as redes de atenção à saúde do Sistema Único de Saúde (SUS).

O serviço conta com consultas e diagnósticos de forma online, estando presente nas 31 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, no Hospital Regional Chagas Rodrigues, no Centro de Saúde Indígena e no Centro de Imagens (CIM) Dr. Adauto Coelho de Resende.



Resultados

– Em quatro meses de implantado, o Piauí Saúde Digital realizou mais de 8.840 atendimentos.
– O tempo médio de espera foi 7,18 minutos para teleconsultas e de 3 minutos para laudos de eletrocardiograma.
– As filas de especialidades que demoravam mais de 200 dias, foram zeradas em seis especialidades médicas.
– O tempo de espera do Hospital Regional reduziu de 4 horas para 20 minutos.

Total de atendimentos realizados de janeiro até 24 de julho

Consultas – 3.533

Total de pacientes – 3.197

Consultas clínico geral – 1.980

Atendimentos disponibilizados – 2.581

Consultas de especialidades – 1.553

Agendamentos futuros – 1.451


Projeto Piauí Saúde Digital em Piripiri (Fotos: Gabriel Paulino)

Projeto Piauí Saúde Digital em Piripiri (Fotos: Gabriel Paulino)






















Fonte: Governo do Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário