EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Auxílio emergencial de R$ 300: vai ter uma prorrogação em 2021?

Foto: Alan Santos/PR

O Auxílio Emergencial pago aos informais poderia ter uma duração de até um ano se o valor das parcelas fosse menor, de R$ 200, segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes.
Ele confirmou que o auxílio emergencial não será prorrogado para o ano de 2021. O ministro disse que a pandemia de novo coronavírus está cedendo no Brasil e que a atividade econômica está voltando.
Durante videoconferência promovida pelas plataformas de investimentos Empiricus e Vitreo, o ministro soltou está fala:
“Os fatos são que a doença cedeu bastante e a economia voltou com muita força. Então, do ponto de vista do governo, não existe a prorrogação do auxílio emergencial”, afirmou.
Paulo Guedes também comentou que existe uma pressão política para que o benefício seja estendido por mais tempo, ou seja, até 2021.

Porém, para o ministro, as ações do Governo Federal serão baseadas em evidências e que a pasta saberá como reagir em eventual situação de emergência, o que não está nos planos no momento.


Pressão política

Como ainda não foi definido um programa social pelo governo, a ala política do governo continua defendendo a prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses no ano que vem.
Existe uma vontade dos líderes do governo de aprovar a chamada PEC Emergencial ainda em 2020 e incluir no texto o novo programa social do governo. Mas, os próprios aliados do governonão acreditam que isso será possível em 2020.
No momento, não existe nenhuma movimentação por parte do governo que garanta que haverá uma prorrogação do auxílio emergencial, pelo contrário, para o Ministério da Economia, o auxílio termina em dezembro e não haverá nenhuma chance de estendê-lo até 2021.


Fonte: Jornal Contábil

Nenhum comentário:

Postar um comentário