EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Acusado de matar idoso com taco de sinuca em Luís Correia é preso

O suspeito de matar o idoso João Batista da Silva, de 62 anos, com um taco de sinuca na noite do último sábado (12), em um bar da localidade Brejinho de Fátima, zona rural de Luís Correia, Litoral do Piauí, foi preso foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil da cidade na manhã desta segunda-feira (14).

Identificado como Raimundo Nonato Neres da Silva, de 42 anos, o suspeito teria atingido com um taco de sinuca a cabeça de João Batista da Silva, após um desentendimento durante o jogo. Segundo a Polícia Militar, ele não ficou preso porque não havia flagrante delito no crime, nem mandado de prisão confeccionado, e acabou sendo liberado da detenção. Ele já havia sido preso em 18 de abril de 2019 sob acusação de tráfico de drogas.

A Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTUR) informou que ao receber uma denúncia, uma equipe de policiais se deslocou até o local e identificou o suspeito. “Ele assumiu a autoria do homicídio bem como a quebra do livramento condicional do processo. Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido para delegacia de Luís Correia para os procedimentos cabíveis”, diz nota da corporação.

O caso

Na noite de sábado, 12 de dezembro, por volta de 22h, um idoso identificado como João Batista dos Santos, de 62 anos, foi assassinado com um golpe de taco de sinuca em um bar no povoado Brejinho, na cidade de Luís Correia.

De acordo com informações de testemunhas, a possível motivação do crime seria porque a vítima não aceitou continuar jogando sinuca apostando com o acusado que foi identificado apenas como ‘Nona’ e por estar ganhando, o suspeito não aceitou parar o jogo.

Os dois iniciaram uma discussão e Nona teria golpeado violentamente a cabeça da vítima com um taco de sinuca, fazendo com que ele viesse a óbito ainda no local.

Ainda de acordo com o apurado, após o ocorrido, o acusado se evadiu e a vítima permaneceu no local, sentada em uma cadeira relatando que estava sentindo tonturas, no entanto, as testemunhas pensavam que seria decorrente da bebedeira.

O criminoso fugiu com destino ignorado. Ele já tem passagens pela polícia por envolvimento no mundo das drogas. Uma guarnição do GPM de Brejinho empreendeu diligências no intuito de localizar o agressor, enquanto uma equipe de Luís Correia permaneceu no local do crime aguardando a chegada dos peritos.


Fonte: Meio Norte
Com informações do Blog do Coveiro e Parnaíbapontocom

Nenhum comentário:

Postar um comentário