EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Vento derruba muro de penitenciária e agentes temem resgate de presos em São Raimundo Nonato

presidio de São Raimundo NonatoParte do muro da Casa de Detenção Provisória Dom Inocêncio Lopez Santamaria desabou em São Raimundo Nonato, município a 517 km de Teresina. De acordo com o presidente do Sinpoljuspi, José Roberto Pereira, cerca de 350 m² de parede caíram após as fortes chuvas que atingiram a região na última sexta-feira (27). Chama a atenção, o fato de que o presídio, que é de segurança máxima, foi inaugurado em 2011 e teve obras orçadas em R$ 4 milhões.
“A parte lateral do muro caiu e não houve nenhum reforço na segurança. Somente quatro agentes penitenciários e um policial militar dividem o plantão entre os 120 detentos que ocupam o local. Tem preso que responde a todo e qualquer tipo de crime. O sindicato teme um resgate de presos pois nós temos traficantes internacionais de drogas e até membros do Primeiro Comando da Cidade (PCC)”, declarou o presidente.
Do outro lado, a Secretaria de Justiça do Estado, admite o desabamento, e também os riscos que surgiram a partir da queda, mas garante que já está fazendo os reparos necessários com reforço de segurança para evitar problemas. “Realmente o muro caiu por conta do temporal que houve por lá e causou prejuízos em muitos lugares da região. De imediato, colocamos uma empresa para reparar, mas a obra ainda não está concluída. O muro que caiu é externo e ainda existe outro interno. Não há presos soltos no local e estão todos dentro dos pavilhões. Existe o risco no que diz respeito a ameaças, mas as equipes estão trabalhando 24h para garantir a conclusão em um curto espaço de tempo”, afirmou Fagner Martins, diretor de Administração Penitenciária da SEJUS.
O presidente do sindicato questiona o material utilizado na construção do muro e alega que o desabamento comprova uma “falência no sistema”. “Uma simples ventania consegue derrubar uma unidade prisional no Piauí. Prova de que o presídio não foi feito com material de qualidade e isso é triste. Mostra que a Segurança Pública está falindo e temos superlotação”, completou o gerente.
Vento de 30 km derrubou muro 
Ouvida pelo Cidadeverde.com, a meteorologista Sônia Maria Ribeiro Feitosa, da Gerência de Hidrometeorologia Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Piauí (SEMAR), explicou que as pancadas de chuva da sexta-feira foram provocadas pelo calor e altas temperaturas que atingem a região. Fortes rajadas de vento provocaram destruição especialmente em Fartura do Piauí, porém a SEMAR não possui medição no município. Segundo Sônia, foram registrados ventos de até 30 km em São Raimundo Nonato.

Cidade Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário