EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Zico confirma chance de buscar presidência da Fifa

Zico confirma chance de buscar presidência da FifaHoras depois de Joseph Blatter renunciar ao cargo de presidente da Fifa, um importante nome do futebol mundial manifestou certo desejo de ocupar a vaga. Na noite desta terça-feira, ninguém menos do que Zico manifestou-se sobre o assunto e, em contato com a reportagem do ESPN.com.br, tratou a ideia da candidatura como ‘uma possibilidade real’.
“É, por que, não? Agora a possibilidade pode ser real, pois antes era impossível como é na CBF e em outras confederações e federações pelo mundo”, respondeu o eterno camisa 10 da Gávea.
Sem o suíço, Zico acha que agora o caminho ficou aberto, ao contrário da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), presidida atualmente por Marco Polo Del Nero. “Lá (CBF), é impossível, assim como em outras federações e confederações”, repetiu o agora possível candidato à presidência da Fifa, ainda em conversa com a reportagem.
Zico está em Berlim, na Alemanha, para acompanhar a decisão da Champions League, entre Barcelona e Juventus, no sábado. Amigo de Michel Platini, presidente da Uefa, Zico negou, quando foi questionado pelo ESPN.com.br, que já esteja recebendo o apoio do francês em uma possível candidatura, pelo menos por enquanto.
A ‘possibilidade real’ descrita por Zico passa exclusivamente pela saída de Joseph Blatter. Nesta terça-feira, quatro dias depois de ser reeleito para o quinto mandado na presidência da Fifa, o suíço abandonou o cargo sem maiores justificativas. Toda a crise que culminou na renúncia ocorre após denúncias do FBI sobre a corrupção na entidade máxima do futebol mundial.
Em seu Facebook oficial, o ex-jogador também comentou sobre o assunto: “Por que não? Minha vida sempre foi dentro do futebol. Uma paixão que exerci com seriedade e respeito no Brasil e em outros países. Jantando com Sandra pensei nisso. Minha mulher e meus filhos me apoiaram”, escreveu o ‘Galinho’, que se apega a experiências anteriores para manifestar o desejo de ocupar o cargo mais desejado da política do futebol mundial.

“Fui Ministro dos Esportes, tenho experiência com meu clube e no apoio ao Kashima, ao Japão. Penso no futebol acima da política. Não tenho apoio ainda, mas se é aberto eu posso me candidatar à Fifa. Ainda é uma idéia… Quem sabe?”, escreveu.

Fonte: ESPN

Nenhum comentário:

Postar um comentário