EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

Governadores, ministro e embaixada da China se reúnem para agilizar vacinação

O governador Wellington Dias (PT) confirmou para sexta-feira (05) a reunião entre os governadores, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e a embaixada da China. Na pauta do encontro está a definição de um prazo para o país receber princípios ativos da vacina, vindos da China, para a produção no país.

A data do encontro havia sido desmarcada devido o agravamento da situação em Manaus e foi remarcada diante da pressa dos governadores. Os governadores cobram do governo uma definição de datas para a produção da vacina pela Fiocruz e o Instituto Butantan.

“Já temos acertado com o cronograma com essa entrega que chega hoje em São Paulo é a garantia de alcançarmos mais de 10% da população brasileira com vacinação de fevereiro ao começo de março. Estamos fechando com o ministro da Saúde a agenda e na sexta-feira teremos uma agenda com a embaixada da China. E nessa agenda com o ministro e a embaixada terá a presença da a Fiocruz e da Butantan. Queremos um cronograma para que além de fevereiro possamos saber qual a data que vamos receber o princípio ativo vindo da China de outros lugares do mundo. Qual a data de produção de vacina pelo Butantã e a Fiocruz. E qual a data de entrega para o Ministério de Saúde e que o ministério entrega para os estados”, afirmou.

Wellington Dias comemorou a decisão da Anvisa que permite o reconhecimento e validação da vacina Sputnik V. O desejo dos governadores é que até o final de março possa ocorrer a vacinação de 25% da população do país.

“Trabalhamos sempre com o horizonte de até abril alcançar mais de 25% da população brasileira. Algo como 700 mil pessoas no Piauí e algo como 50 milhões de pessoas no Brasil. Foi um passo importante ontem com o novo regramento da Anvisa que permite o reconhecimento e validação da vacina Sputnik V. Além disso abre perspectivas para outras vacinas que já foram aprovadas por outras agências. Para fazer o mais cedo possível a vacinação no Brasil”, destaca.

Fonte: Cidade Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário