EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Município de Marcolând-PI realiza segundo dia da III edição da Semana do bebê com tema “Impactos da gravidez na adolescência”


Na manhã desta terça-feira (20), a equipe da saúde do município realizou o segundo dia da III edição da semana do bebê de Marcolândia, o evento foi realizado na Unidade escolar Valdir Tintiliano de Sousa e teve como tema principal “Impactos da gravidez na adolescência”, a Drª Luana Dias e a enfermeira Laís Teixeira ministraram uma palestra para os presentes na qual abordaram o tema e tiraram dúvidas dos adolescentes.
A enfermeira Laís Teixeira explica que a adolescência é uma fase de transição, inseguranças e incertezas. Ao receber o comunicado da gravidez é fundamental o apoio emocional e financeiro dos pais, para assegurar a saúde da jovem e do bebê. “A ausência da educação sexual na família está entre as principais causas da gravidez na adolescência. Os pais necessitam quebrar o tabu quando o tema é sexualidade e manter o diálogo em aberto, tanto para a menina, como também o menino”, acrescenta Laís.
“São inúmeros os riscos que podem afetar a jovem grávida. A gestante menor de 18 anos, por exemplo, pode sofrer uma anemia, o que pode trazer mais complicações para o parto. Hipertensão, infecções, inchaço e depressão pós-parto podem prejudicar a saúde da mãe e do bebê”, explica a Drª Luana.
A pré-eclâmpsia, por exemplo, é a maior causa de morte materna no mundo, mas pode ser evitada e acompanhada para que não evolua para uma eclampsia (com convulsão) ou uma Síndrome de Hellp (com baixa de plaquetas e possível rompimento do fígado). Essa doença ocorre quando a mulher sofre aumento da pressão durante a gestação, a artéria placentária se fecha e a vasoconstrição (diminuição do diâmetro dos vasos sanguíneos) aumenta a resistência para o sangue chegar até o feto. Conseqüentemente, passa menos sangue, menos oxigênio e menos nutrientes para o
A gravidez na adolescência, segundo a Drª, ocorre entre as jovens de 15 a 21 anos, em plena fase de desenvolvimento, o que pode interferir no período de gestação. Além disso, Drª Luana frisa que é preciso estar alerta para uma série de cuidados com relação aos métodos contraceptivos. Entre os aconselhamentos estão:
- Não interrompa a utilização do contraceptivo para não engravidar;
- Proteja-se e use um método contraceptivo eficaz;
- Não deixe de consultar o ginecologista, principalmente se iniciou recentemente a vida sexual;
- Se tiver algum problema ou dúvida sobre o método contraceptivo, não hesite em procurar ajuda médica;
- Informe o médico sobre qualquer medicamento ou pílula que você tomou para evitar a gravidez. Isso evitará que ocorram efeitos colaterais.
Estiveram presentes no evento; Drº Corinto Matos, a Secretária Adjunta de Educação Núbia Costa, enfermeira Laís Teixeira, enfermeira Vera, Drª Luana Dias, equipe de ACS, adolescentes do NUCA e Albetiza Araújo.

Fonte e Fotos: Blog Chagas Fotografias


Nenhum comentário:

Postar um comentário