EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Homem acusado de matar pai e filho na zona rural de Santa Rosa do Piauí é preso na região de Picos

preso-620x330A Polícia Civil de Oeiras com o apoio de policiais militares da cidade de São João da Canabrava, prenderam na tarde desta quinta-feira, 16, Altamiro Guedes Alcoforado, 27 anos, acusado de participação nas mortes de José Maria Leal Borges 53 anos, e Jossiel Mendes Borges Leal 27 anos, ambos pai e filho, que foram assassinados com requintes de crueldade na zona rural do município de Santa Rosa do Piauí, no dia 15 de Junho deste ano.
Uma semana após os crimes, a polícia havia prendido  Francisco Guedes Neto, conhecido por “Chico de Senhor de Teresa”, 38 anos, que é irmão de Altamiro Guedes. Já no mês de setembro, a polícia  apreendeu as armas usadas para praticar o duplo assassinato.
Altamiro estava foragido na cidade  de São João da Canabrava, na região de Picos. A polícia de Oeiras já tinha a informação de que ele estaria na região, mas não sabia exatamente em qual cidade, como também tinha conhecimento que frequentemente ele vinha a Oeiras visitar uma pessoa.
Na manhã desta quarta- feira, a polícia recebeu uma ligação anônima denunciando a cidade em que Altamiro estava escondido, informando ainda que o mesmo estava trabalhando como cabeleireiro em um salão da cidade. A polícia de Oeiras entrou em contato com os policiais militares de São João da Canabrava que deram apoio a diligência. Logo que os policiais de Oeiras chegaram às imediações da cidade, buscando informações se ele estava fugindo, receberam a informação de que o mesmo havia procurado um policial para se entregar, por achar que os policiais seriam parentes da vítima, tentando matá-lo.
Trazido para Oeiras, Altamiro Guedes não deu detalhes do duplo homicídio, mas confirmou que estava em companhia do irmão no momento do crime.

Fonte: RiachaoNet

Nenhum comentário:

Postar um comentário