EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

terça-feira, 8 de maio de 2018

Suspeito de estuprar menor é preso em Belém do Piauí; ‘são oito vítimas’, diz PM

Suspeito de estuprar menor é preso em Belém do Piauí; ‘são oito vítimas’, diz PM

A Polícia Militar do Grupamento de Belém do Piauí capturou na tarde desta terça-feira (8) um homem identificado por Antônio João da Silva, de 55 anos, suspeito de estuprar uma criança de apenas 4 anos de idade, caso ocorrido na semana passada, na Vila Serrânia II, vizinha à cidade de Marcolândia, na divisa do Piauí com o Pernambuco.
Militares de Marcolândia obtiveram a informação de que o suspeito teria fugido para Belém do Piauí, e entrou em contato com o sargento Coelho, comandante da PM em Belém, que colheu informações e conseguiu chegar até o suspeito. Antônio João estava na cidade há três dias, em uma residência alugada. Ele dormia no momento da abordagem e não reagiu à captura.
À polícia, o homem suspeito informou que havia deixado a Vila Serrânia depois de ter sido roubado, mas a informação obtida pela polícia é que populares quebraram o pequeno comércio que o mesmo tinha, em retaliação ao crime sexual.
Por telefone, o tenente De Assis, que é comandante da PM em Marcolândia, disse ter conhecimento sobre o caso. Ao todo, seriam oito vítimas. “Essa menina de quatro foi confirmado o estupro. Foi feito exame de conjunção carnal e tem várias testemunhas”, disse o oficial, afirmando que o mesmo foi reconhecido através de foto. Segundo o tenente, ele distribuía bombons e chocolates para aliciar as crianças.
O suspeito será recambiado para a cidade de Araripina e o caso será apurado pela delegacia Tatiana Muniz, titular da Regional de Araripina. “Como não há mais flagrante, ela vai pedir a prisão preventiva dele”, pontuou De Assis. Antônio João da Silva seria natural de Alegrete do Piauí e já teria sido preso em São Paulo também pela prática de crime sexual.

Fonte Cidadesnanet

Nenhum comentário:

Postar um comentário