EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Deputados piauienses não revelam voto em cassação de Cunha

Deputados piauienses não revelam voto em cassação de Cunha

Quatro dos dez deputados federais do Piauí ainda não revelaram se votarão contra ou a favor da cassação do mandato do deputado Eduardo Cunha (PMDB/PI).
O Estadão entrou em contato com todos os deputados federais para saber a posição de cada um deles na votação final de cassação e sobre a gravidade da pena a ser aplicada a Cunha.
Os deputados piauienses Júlio César (PSD) e Átila Lira (PSB) disseram ao jornal que comparecerão a sessão de cassação de Cunha, mas não informaram quais seus votos. Paes Landim (PTB) não informou nem se comparecerá a sessão e nem seu posicionamento quanto ao processo. Maia Filho (PP) se disse indeciso sobre seu voto.
Já os depurados Assis Carvalho (PT), Heráclito Fortes (PSB), Rodrigo Martins (PSB), Marcelo Castro (PMDB) e Silas Freire (PR) afirmaram que votarão a favor da cassação de Cunha. Todos disseram também que são contra uma pena mais branda contra Cunha.
A deputada Iracema Portella (PP) não foi encontrada pelo jornal de circulação nacional.
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), marcou a votação final da cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para o dia 12 de setembro. Para que a cassação do seu mandato seja aprovada, são necessários pelo menos 257 votos, a maioria absoluta dos 513 deputados.Capital Teresina

Capital Teresina

Nenhum comentário:

Postar um comentário