EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

domingo, 4 de outubro de 2015

CHACINA: Quatro da mesma família são mortos a facadas

 CRIME OCORREU EM MADEIRO DO PIAUÍ: suspeito é ex-companheiro de uma das vítimas

Quatro pessoas foram assassinadas na madrugada deste domingo (04/10) no povoado Pote Seco, zona rural do município de Madeiro, que fica a 231km ao norte de Teresina. O principal suspeito é o ex-companheiro de uma das vítimas, identificado como Lenilson, de 31 anos, que estava inconformado com a separação ocorrida há alguns meses.
Na noite de ontem Lenilson participou de uma seresta no povoado, onde viu a ex-companheira conversando com um homem. Enciumado, por volta de 5h desta madrugada, ele invadiu a residência da família, armado com uma faca e matou quatro pessoas.
Foram mortas uma idosa, identificada como Maria Franca, duas mulheres, conhecidas como Teresa e Caçula e um homem, ainda não identificado. Teresa, ex-companheira da vítima, ainda tentou fugir e caiu morta do lado de fora da casa. Tentando se defender, ela teve os dedos de uma das mãos decepados.
Segundo o delegado Meikon Kaestner, que acompanha as investigações no caso, a última vítima estava dentro do quarto e foi morta com várias pauladas. "Temos uma testemunha que viu o Lenilson saindo da residência e jogando um pedaço de madeira sujo de sangue no chão. Esta pessoa ainda será ouvida por nós", disse o delegado, por telefone, ao 180.
Segundo o correspondente do 180, Luis Euvira, policiais das cidades vizinhas já iniciaram as buscas pelo suspeito. A suspeita é que ele tenha ido para alguma cidade do Maranhão. Meikon Kaestner informou que as polícias das cidade de Brejo e Santa Quitéria já foram acionadas.
Todas as vítimas eram da mesma família.
O Instituto de Medicina Legal da cidade de Parnaiba foi acionado para atender a ocorrência.

Repórter: Luis Euvira - Direto da cidade de Madeiro
Publicado Por: Apoliana Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário