EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

terça-feira, 26 de julho de 2016

Seplan realiza primeira plenária no Território Chapada do Vale do Itaim em Marcolândia-PI

A Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), por meio da Superintendência de Planejamento Estratégico (Suple), realizou, nesta terça-feira (26), a primeira plenária do Território Chapada do Itaim. No encontro, foram debatidas, com a presença de representantes dos municípios participantes, as prioridades do novo território criado há pouco mais de um mês, desmembrado do Território de Guaribas. O evento foi realizado no município de Marcolândia, localizado a 500 quilômetros de Teresina, na divisa com o estado de Pernambuco.O secretário de Estado do Planejamento, Antonio Neto, reforçou a necessidade da criação do novo território. “Tendo em vista que o Território do Guaribas se tornava muito grande e haveria uma dificuldade de você trabalhar essa quantidade de municípios, eram 36, então ficariam alguns municípios mais isolados. A criação do Território do Vale do Itaim vem no sentido de atender essa demanda e, ao mesmo tempo, nos dar a oportunidade de poder trabalhar essa estratégia de forma mais organizada”, explica o gestor.Além do secretário do Planejamento, também participaram da plenária o secretário de Estado do Desenvolvimento Rural, Francisco Limma; o presidente da Fundação Cepro, Antônio José Medeiros; e os prefeitos dos municípios de Caldeirão, Paulista, Marcolândia Chico Pitu e Massapê. Ao todo, estiveram presentes cerca de 70 participantes de 16 municípios.Um dos temas de destaque na plenária foi a energia eólica. Hugo Baldi, da empresa de energia eólica Contour Global, apresentou no encontro a proposta da empresa de desenvolvimento para o estado. A Contour Global tem 247 torres de energia eólica da região.O Vale do Rio ItaimCom uma área total de 12.309,80 Km, o território do Itaim é formado pelos municípios de Padre Marcos, Francisco Macedo, Caldeirão Grande do Piauí, Marcolândia, Simôes, Caridade do Piauí, Curral Novo, Betânia do Piauí, Acauã, Queimada Nova, Paulistana, Jacobina do Piauí, Patos, Massapê do Piauí, Jaicós e Belém do Piauí.Tem como principais produtos a mandioca, a castanha do caju e a banana. Traz como potencialidades a ovinocaprinocultura, a apicultura (mel, geléia real, própolis e derivados), a cajucultura (processamento de castanha, doces e cajuína), a mandiocultura, a mineração (mármore, granito, água mineral, calcário para a produção de cimento, gesso, argila e ferro) e a energia renovável (eólica e solar).

 Fonte:Portal do Governo do Estado do Piauí
Fotos:Blog Chagas Fotografias

Nenhum comentário:

Postar um comentário