EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Saiba quem era Maria do Socorro, apontada como pivô da chacina de Alegrete do Piauí

Saiba quem era Maria do Socorro, apontada como pivô da chacina de Alegrete do PiauíA jovem Maria do Socorro Carvalho, 23 anos, foi uma das vítimas da chacina ocorrida na localidade Boa Vista, zona rural de Alegrete do Piauí, crime que chocou todo o Piauí e mais uma levou o nosso Estado às páginas  nacionais.
Perfil de Maria do Socorro.
‘Galêga’, como Maria do Socorro era conhecida em Alegrete, tinha apenas 23 anos e se formou ano passado em Teologia. Segundo familiares ela começou a cursar Direito no inicio do ano na Faculdade RSA em Picos e desde então passava a maioria do tempo viajando.
De acordo com o secretário de Segurança, Fábio Abreu, que se encontra em Alegrete do Piauí, a jovem que aparentemente se mostrava tranquila e pacata, era na verdade a principal suspeita de pelo menos dois assassinatos ocorridos em Alegrete do Piauí.
O primeiro foi em 2012, quando a jovem Ciamara de Sousa Ramos, de 19 anos, foi morta em circunstâncias ainda hoje duvidosa numa estrada vicinal entre os municípios de Alegrete do Piauí e Padre Marcos.
O segundo crime foi do jovem George Francisco de Carvalho, 20 anos, morto a tiros numa estrada vicinal que liga a sede de Alegrete ao povoado Pocinhos, no mês de junho deste ano. George Ramos era professor e cursou junto com Maria do Socorro o curso de Teologia pelo Instituto Ruymar Gomes – IERG.
Fábio Abreu acompanhará o caso
O secretário Estadual de Segurança, Fábio Abreu, disse que acompanhará de perto as investigações da chacina e inclusive lembrou sobre a prisão de Maria do Socorro semana passada, onde, inclusive, foram encontradas armas em sua residência onde o parente da vítima, Sildo Carvalho, que também foi morto na chacina, assumiu ser o dono das mesmas.
Abreu não quis adiantar as hipóteses da chacina, mas disse que a polícia já monitorava a residência. Ele disse que as informações ainda são superficiais, mas que há sim a possibilidade de pistolagem.
“A região de Picos, Pio IX, Fronteiras tem características pistolagens, por conta de rixa entre famílias, mas há muito tempo não acontecia um crime. Nosso objetivo é parar com essa situação”, declarou.
DSC_0072
O secretário afirmou que todos os esforços estão sendo feitos para identificar e localizar os autores. “Estamos empenhando todos os nossos esforços, solicitando o apoio de outros estados, principalmente os vizinhos já que é comum fugirem para lá. Nosso objetivo é proporcionar os meios necessários para que o trabalho seja feito da forma mais correta possível”, declarou. Fabio Abreu acompanha o trabalho dos peritos do Instituto de Criminalística que também estão no local.
NOTÍCIAS RELACIONADAS:


Fonte: Piauí em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário