EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Homem demitido por foto com corpo de Maradona é ameaçado de morte

Funcionários da funerária responsável pelo velório de Diego Maradona foram demitidos por tirar foto com o corpo do ex-jogador argentino antes da cerimônia na Casa Rosada. As imagens viralizadas na internet mostraram três pessoas com o registro. Uma delas é Claudio Fernández, que se pronunciou em uma rádio argentina sobre o ocorrido.

Na foto, ao lado de Fernández, também estava o filho dele, Claudio Ismael. Além dos dois, um homem identificado como Diego Molina participou do ato. A imagem mostra o caixão aberto com os funcionários posando para a foto.

- Trabalho com funerária há anos. Não sou uma pessoa que pensa em tirar foto com os falecidos por respeito. O que posso dizer? Nós estávamos acomodando o corpo e, para levá-lo, chamaram meu filho, "magrinho". Como toda criança, ele levantou o polegar e tiraram a foto - disse Férnandez.

- Recebi ameaças. Sou do bairro, me conhecem. Estão dizendo que vão me matar, que vão quebrar meu carro, ameaçam meus filhos, e não sou esse tipo de pessoa. Essa foto não foi tirada do meu celular, tiraram de outro, isso é o pior de tudo. Jamais pensei que iam colocar na internet ou que iam colocar num grupo e viralizar. Peço desculpas à família Maradona - completou o funcionário.

O advogado de Maradona, Matías Morla, se pronunciou sobre o ocorrido nas redes sociais repudiando o ato. "Pela memória do meu amigo, não vou descansar enquanto me paguem à altura desta aberração", escreveu.


Fonte: Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário