EBENET

EBENET
A sua melhor conexão

MP MOTO PEÇAS

MP MOTO PEÇAS

Dr.Batista

Dr.Batista

SALÃO 5 ESTRELAS

SALÃO 5 ESTRELAS

ÓPTICA LUZ

ÓPTICA LUZ
a luz dos seus olhos

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Wellington dá posse a novos gestores da CGE e Cepro


Foram empossados, na manhã desta quinta-feira (19), pelo governador Wellington Dias, novos gestores da administração pública. Nuno Kauê dos Santos Bernardes Bezerra assumiu o cargo de controlador-geral do estado e Antônio José Castelo Branco Medeiros foi nomeado presidente da Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Cepro).Presidente da Cepro e Controlador( Foto: Francisco Leal)
Nuno Kauê vai substituir o controlador Darcy Siqueira, que durante seu pronunciamento, afirmou que a melhor sensação é a do dever cumprido. “Foram muitos desafios. Passei por três governos diferentes. Aqui agradeço ao governador Wellington Dias, que soube nos respeitar e me deu um voto de confiança. Honrei esse voto, mostrando o verdadeiro sentido da controladoria. Aproveito aqui para agradecer ao governador em nome de todos os auditores as promoções atrasadas que ele nos concedeu e quero dizer que hoje temos uma Controladoria totalmente motivada”, declarou.
O novo controlador-geral agradeceu a oportunidade de assumir o cargo e destacou que apesar da pouca idade, suas experiências profissionais foram de fundamental importância para que ele possa realizar um bom trabalho. “Estou honrado com essa missão nobre. Quero aqui destacar que teremos muitas diretrizes a serem traçadas, como avaliar políticas públicas, auxiliar gestores e o governo na tomada de decisões, ter interação com os poderes executivo, legislativo e judiciário e manutenção dos cursos permanentes de qualificação e capacitação profissional, Finalizo agradecendo ao governador pela confiança depositada”, discursou.
O mais novo controlador é advogado, bacharel em Ciências Contábeis e especialista em Direito Previdenciário. Foi auditor da Controladoria Geral do Estado de Pernambuco e atua na Controladoria do Piauí há sete anos. Nuno Bernardes foi ainda auditor setorial na Secretaria de Educação (Seduc).
CeproO novo presidente da Fundação Cepro, José Medeiros, durante seu discurso, falou sobre sua meta que será de reestruturação da Fundação Cepro. “Temos, com toda firmeza e cautela, que realizar um trabalho de reerguer a Cepro. Por isso, estou confiante nos compromissos que o governador está assumindo. Quero criar condições políticas, com o apoio do governo e da Seplan, para dar à Cepro condições de executar o seu papel”, informou.
José Medeiros era técnico da Fundação Cepro, foi vereador, deputado estadual, federal e secretário de educação do Estado nos dois mandatos anteriores do atual governador. É mestre em Ciências Sociais e, atualmente, está encerrando doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo. Ele assume o cargo em substituição ao economista e doutor Antônio Cezar Cruz Fortes, ex-secretário de planejamento do Estado, que assumiu, em dezembro de 2015, a direção da Agência de Fomento do Piauí.
A vice-governadora Margarete Coelho deixou sua mensagem aos gestores que entregaram os cargos e parabenizou aos novos administradores. “Quero desejar as duas autoridades que hoje assumem os cargos que tenham muito sucesso em todas as ações, porque delas também dependem o desenvolvimento, e para a gestão passada deixo aqui meus parabéns por terem cumprido seu papel com competência e responsabilidade”, falou.
O governador Wellington Dias elogiou os antigos gestores e dirigiu-se aos novos empossados sobre o seu desejo de fazer com que o Piauí se desenvolva cada vez mais, aumentando o Indice Desenvolvimento Humano (IDH). “Quero aqui agradecer ao Darcy Siqueira pelo importante trabalho e dedicação a vida pública e registrar a alegria de estar empossando esses novos gestores. Parabenizar ao Nuno Kauê e a sua família por essa nova missão que ele assume e dizer ao José Medeiros que é um momento especial, por todo trabalho que ele já prestou ao longo desses anos. Precisávamos ter ele de volta, o Piauí precisava ter ele de volta. Como gestor, desejo que possamos continuar desenvolvendo um trabalho dentro da legalidade, com responsabilidade e ética, dando ao Piauí condições para chegar em 2025 com um índice de estado desenvolvido. Nós tínhamos um IDH de 0,4 e passamos para 0,7 e queremos chegar a um IDH de 0,8 e a Cepro vai estudar a evolução desse IDH e será um instrumento que vai nos permitir ter dados atualizados”, finalizou.


Fonte:Governo do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário